terça-feira, 10 de abril de 2012

Review: Scribe Of The Pentateuch




By Bill Roxx


Depois de muita espera e antecipação, o 15º studio release da banda premiere de Death Metal Mortification finalmente chegou! "Scribe Of The Pentateuch" é o mais novo EP fundado por fãs que Steve Rowe e cia finalmente completaram e acaba de chegar às mãos dos seus muitos fãs ansiosos. Eu fiquei ansiosamente esperando por minha cópia cortesia 'Untombed' da mulher de frente do Mortification (ha ha), digo, a promotional manager Sherri! Quando a minha chegou, eu fui logo pra dentro e coloquei logo no meu iPod, mas então eu parei e pensei "NÃO", isso não vai rolar pra minha primeira audição! Então, eu acabei colocando ele no meu iPod mas então decidi que isso merecia mais! Por isso nunca cliquei no botão do 'play' no iTunes! Eu ejetei o disco, removi o disco e coloquei logo no sistema de som 'stereo surround' e apertei o 'play'!

Logo na faixa de abertura 'Extradiefor' derrete sua face pelo fato de ser um puro ataque death/grind. Assim que a faixa terminou eu estava esperando que ele manteria o mesmo tempo e ataque death/grind ao longo dele, mas surpreendentemente o estilo mudou mesmo tão levemente e a faixa seguinte, a qual é a faixa-título, leva-nos um pouco mais para a direção thrash e em verdade tem alguns vocais limpos do Steve mixados ali. Não me leve a mau, a mudança não foi ruim mesmo, de fato a canção rasga também e te mantém rangendo os dentes por um bocado mais! A terceira faixa 'Jaws Of Life' mantém o tempo de compasso rápido embora provavelmente seja minha menos favorita do conjunto, mas ainda assim uma ótima faixa!

'In Garland Hall' é a faixa 4 e o álbum não se afrouxa ainda e esta faixa novamente contém alguns daqueles vocais limpos do Steve os quais pessoalmente amo ouvir e acho que ele fez um ótimo trabalho nestes vocais. 'Weapons Of Mass Salvation' é a faixa 5 e uma das minhas favoritas! Essa faixa realmente deixa o álbum um pouco mais lento e nos conduz a uma vibe quase doom/sludge metal que esse escritor absolutamente ama! Eu AMARIA ouvir um álbum inteiro do Mort feito nesse estilo. Steve é um vocalista bastante multi-facetado e muito versátil e eu acho que ele sequer percebe isto. Eu amaria vê-lo deixar sua zona de conforto um pouco mais e expandir seus horizontes. Se você já ouviu o seu projeto paralelo Wonrowe Vision você saberá exatamente o que digo, e se não, o que está esperando?! Em seguida, talvez um álbum de adoração, Steve? Estou apenas dizendo!

A faixa 6 'The White Death' e também a última das faixas originais neste EP é outra faixa quase influenciada pelo doom com vocais de death metal infundidos e outra favorita em particular! Daqui em diante entramos nos maiores hits dos anos 2000 para completar este disco de 10 faixas e fazer do EP um LP oficial. Estas são provavelmente as melhores faixas culminadas dos mais recentes álbuns das bandas dos últimos 10 anos. As faixas inclusas são 'Priests Of The Underground', 'Too Much Pain', 'Erasing The Goblin' e 'Elastisized Outrage'. Para aqueles que não ouviram os mais recentes álbuns esta é uma grande mostra do que você tem perdido! Meu único problema com o projeto é que eu queria mais, mas esperançosamente este é um sinal das coisas por vir do Mort e poderemos ter um lançamento full length da banda saindo mais cedo ou mais tarde!!!

Então, em resumo, este é algum tipo de retorno incrível para aqueles fãs old school do Mort, mas ainda tem bastante de um toque moderno para ajudar a manter o Mort à linha de frente do verdadeiro 'Jesus Movement' bem onde eles pertencem como verdadeiros defensores da fé!!!


Classificação: 4 de 5 estrelas


Fonte (em inglês): http://untombed.com/archives/6340

4 comentários:

Isma-El Kavallera disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Isma-El Kavallera disse...

"Logo na faixa de abertura 'Extradiefor' derrete sua face pelo fato de ser um puro ataque death/grind."

Eu assisti essa musica no show deles que ta no Youtube....na boa, morri de vergonha! Parei de assistir bem ai ¬¬


"Eu AMARIA ouvir um álbum inteiro do Mort feito nesse estilo. Steve é um vocalista bastante multi-facetado e muito versátil e eu acho que ele sequer percebe isto. Eu amaria vê-lo deixar sua zona de conforto um pouco mais e expandir seus horizontes. Se você já ouviu o seu projeto paralelo Wonrowe Vision você saberá exatamente o que digo, e se não, o que está esperando?! Em seguida, talvez um álbum de adoração, Steve? Estou apenas dizendo!"

Mais hein?!? Quem é esse cara!?!? Sem comentarios :S

Son Of The King disse...

O Bill Roxx é apenas proprietário da ROXX Productions, da indie label Roxx Records e já trabalhou e trabalha com Mortification, Stryper, Deliverance, Saint, Disciple, Ultimatum, Holy Soldier, Crystavox, e várias outras bandas clássicas e novas na cena underground cristã. Se tem alguém que sabe o que fala, é esse cara.

Isma-El Kavallera disse...

Bem, pelos comentarios dele, eu discordo totalmente